Nome: Paula Cristina
Nasci em: 10/02/1978
Signo: Aquário
Escrevo de: São Paulo - SP
e-mail: paulacristina.sunny@gmail.com
mais ? veja nas páginas do menu



Perfil gerado no VICKYS.com.br


No coração :

minha filha Eduarda
meu anjinho Fabio
minha família
meus amigos


Livros :

paulo e estevão
senzala
mãos de luz
profecia celestina
todos da Zibia (Lucius)
todos do Chico ( André Luis e Emmanuel ) mas Renúncia é imperdível...


Músicas :

U2
Pearl Jam
Alanis Morissette
Charlie Brown Jr
O Rappa
Oasis
Djavan
Legião Urbana
Marisa Monte
Zé Ramalho



Cinema :

Um sonho de Liberdade
Cidade dos anjos
O amor é contagioso



Citações :

"Persistir na raiva é como apanhar um pedaço de carvão quente com a intenção de o atirar a alguém. É sempre quem levanta a pedra que se queima." Budha

"Se não houver frutos, valeu pela beleza das flores, se não houver flores, valeu pela sombra das folhas, se não houver folhas, valeu pela intenção da semente." Henfil

"Se você treme de indignação perante uma injustiça no mundo, então, somos companheiros."Ernesto Che Guevara

"Só pelo amor o homem se realiza plenamente." Platão

"Se as coisas são inatingíveis... ora! Não é motivo para não querê-las... Que tristes os caminhos se não fora A mágica presença das estrelas!" Mario Quintana










|Histórico|

- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006






Prece de Cáritas

DEUS, nosso Pai, que sois todo poder e bondade, dai forca àquele que passa pela provação; dai luz àquele que procura a verdade, pondo no coração do homem a compaixão e a caridade. Deus, dai ao viajor a estrela guia; ao aflito a consolação; ao doente o repouso. Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, a criança o guia, ao órfão o pai. Senhor, que a vossa bondade se estenda sobre tudo que Criastes. Piedade Senhor, para aqueles que não vos conhecem, esperança para aqueles que sofrem. Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda parte a paz, a esperança e a fé. Deus, um raio, uma faísca do Vosso amor pode abrasar a terra. Deixa-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita e todas as lágrimas secarão, todas as dores acalmar-se-ão. Um só coração, um só pensamento subirá até Vós como um grito de reconhecimento e amor. Como Moisés sobre a montanha, nos Vós esperamos com os braços abertos, oh! Poder... oh! Bondade... oh! Beleza... oh! Perfeição, e queremos de alguma sorte alcançar a Vossa misericórdia. Deus, dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até Vós. Dai-nos a caridade pura; dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas, o espelho onde deve refletir a Vossa Santa e Misericordiosa imagem.





|Template by|



 

Oi Pessoal

De hoje em diante vou me dedicar a minha nova página... onde descreverei esse momento mágico que estou vivendo e deixarei para todos vocês muitos textos e imagens bonitas sobre gravidez e sobre bebês.

A página tá no menu *** Gravidíssima *** ... é só clicar lá e vai direto para os textos... mas pode entrar tb pelo endereço novo que é :

http://minhabarriguinha.zip.net

Quando tiver tempo  vou postando por aqui tb... os textos e belas mensagens que for recebendo ... e logo mais ( depois do nascimento ) pretendo fazer uma página só pra contar para os meus amigos as descobertas e maravilhas da minha pequena princesa ... mas isso é só depois...rs... por enquanto fiquemos na barriga...rs

Um beijo a todos e até mais !

 

 



- Postado por: paula cristina às 11h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oi Pessoal

As mensagens de hoje são em sua maioria uma gotinha de esperança e fé para nossos corações !

Espero que todos gostem e aproveitem bastante os ensinamentos dessas belas palavras !

Beijos e atá mais !

 

 



- Postado por: paula cristina às 11h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




simples busca de fazer o bem


Certa vez, dois homens estavam seriamente doentes em um quarto de um grande hospital. O cômodo era bastante pequeno e nele havia uma janela que dava para o mundo.
Um dos homens tinha como parte de seu tratamento, permissão para sentar-se na cama por uma hora durante as tardes (algo a ver com a drenagem de fluido de seus pulmões). Sua cama ficava perto da janela. O outro, contudo, tinha de passar todo o seu tempo deitado de barriga para cima.
Todas as tardes, quando o homem cuja cama ficava próxima a janela, era colocado em posição sentada, ele passava o tempo descrevendo o que tinha lá fora.
A janela aparentemente dava para um parque onde havia um lago. Havia patos e cisnes no lado, e as crianças iam atirar-lhes pão e colocar na água barcos de brinquedo. Jovens namorados caminhavam de mãos dadas entre as árvores, e havia flores, gramados e jogos de bola. E ao fundo, por trás das fileiras de árvores, avistava-se o belo contorno dos prédios da cidade.
O homem deitado ouvia o sentado descrever tudo isso apreciando todos os minutos. Ouviu como uma criança quase caiu no lago e sobre como as garotas estavam bonitas em seus vestidos de verão.
As descrições do seu amigo eventualmente o fizeram sentir que quase podia ver o que estava acontecendo lá fora...

Então, em uma bela tarde, ocorreu-lhe um pensamento: Por que o homem que ficava perto da janela deveria ter todo o prazer de ver o que estava acontecendo?
Por que ele não poderia ter aquela chance?
Sentiu-se envergonhado, mas quanto mais tentava não pensar assim, mais queria uma mudança. Faria qualquer coisa!
Numa noite, enquanto olhava para o teto, o outro homem subitamente acordou tossindo e sufocado, suas mãos procurando o botão que faria a enfermeira vir correndo. Mas ele o observou sem se mover... mesmo quando o som da respiração parou. De manhã, a enfermeira encontrou o homem morto, e silenciosamente levou embora seu corpo. Logo que apareceu apropriado, o homem perguntou se poderia ser colocado na cama perto da janela. Então colocaram-no lá, aconchegaram-no sob as cobertas e fizeram com que se sentisse bastante confortável. No minuto em que saíram, ele apoiou-se sobre um cotovelo, com dificuldade e sentindo muita dor, ele olhou pela janela. Finalmente, ele poderia ver tudo por si mesmo. Ele se esticou ao máximo, lutando contra a dor para poder olhar através da janela e quando conseguiu faze-lo deparou-se com um muro todo branco. Ele então perguntou a enfermeira o que teria levado seu companheiro a descrever-lhe coisas tão belas, todos os dias se pela janela já que só dava pra ver um muro branco?
A enfermeira respondeu que aquele homem era cego e não poderia ver nada mesmo que quisesse. Talvez ele só estivesse pensando em distraí-lo e alegrá-lo um pouco mais com suas histórias...
"A vida é, sempre foi e será aquilo que nós a tornamos".

 



- Postado por: paula cristina às 11h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A DOR



O autor Leo Buscaglia foi certa vez convidado a ser jurado de um concurso numa escola, cujo tema era: "A criança que mais se preocupa com os outros".

O vencedor foi um menino cujo vizinho - um senhor de mais de oitenta anos - acabara de ficar viúvo. Ao notar o velhinho em seu quintal, em lágrimas, o garoto pulou a cerca, sentou-se no seu colo e ali ficou por muito tempo.

Quando voltou para sua casa, a mãe lhe perguntou o que dissera ao pobre homem.

- Nada - disse o menino - Ele tinha perdido a sua mulher; e isso deve ter doído muito. Eu fui apenas ajudá-lo a chorar.

 



- Postado por: paula cristina às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




"Se tiveres de atravessar a água, estarei contigo. E os rios não te submergirão, se caminhares pelo fogo, não te queimarás, e a chama não te consumirá. Pois eu sou o Senhor, teu Deus, o Santo de Israel, teu Salvador." (Isaías 43, 2-3)

"Nada temas, porque estou contigo, não lance olhares desesperados, pois eu sou teu Deus, eu te fortaleço e venho em teu socorro, eu te amparo com minha destra vitoriosa." (Isaías 41, 10)

"Coragem! E sede fortes. Nada vos atemorize, e não os temais, porque é o Senhor vosso Deus que marcha à vossa frente: Ele não vos deixará nem vos abandonará." (Deuteronômio 31, 6)

"O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?" (Salmo 26, 1)

 



- Postado por: paula cristina às 11h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




CRESCIMENTO ATRAVÉS DAS PERDAS

JUDITH VIORST

As perdas são partes da vida. As perdas são importantes porque para crescer temos de perder, abandonar, desistir.

A estrada de desenvolvimento humano é pavimentada com renuncia.

Durante toda a vida crescemos desistindo. Abrimos mão de alguns dos nossos mais profundos vínculos com pessoas muito queridas. Abrimos mão de alguns dos nossos mais profundos sonhos, relacionamentos, desejos, expectativas.

Temos de enfrentar o fato de que jamais seremos tudo que gostaríamos de ser. Que jamais teremos tudo que gostaríamos de ter.

Abrimos mão de algumas ilusões mais profundas sobre nós mesmos. Por mais inteligentes que sejamos, temos de perder.

Nós temos de concordar: perder é muito difícil e doloroso. Consideremos, entretanto, que só através das perdas nos tornamos seres humanos verdadeiros, plenamente desenvolvidos.

Na verdade, para compreendermos a vida, as nossas vidas, precisamos analisar como enfrentamos nossas perdas. As pessoas que somos e a vida que vivemos são determinadas pela maneira de enfrentamos nossas perdas.

Mas olhar para as perdas é ver como estão definitivamente ligadas ao crescimento, ao auspicioso Ganhar Perdendo, ao começo de uma vida com sabedoria.

 

 



- Postado por: paula cristina às 10h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




ORAÇÃO DO AMANHECER


Senhor,
no silêncio deste dia que amanhece,
venho pedir-Te a paz, a sabedoria, a força.

Quero olhar o mundo hoje,
com os olhos cheios de amor,
ser paciente, compreensivo, manso e prudente,

Ver além das aparências Teus filhos
como tu mesmo os vês,
e, assim, não ver senão o bem em cada um,

Cerra os meus ouvidos a toda a calúnia,
guarda a minha língua de toda a maldade,

Que só de bênçãos se encha o meu espírito.
Que eu seja tão bondoso e alegre,
que todos quantos se achegarem a mim,
sintam a Tua presença,

Reveste-me de Tua beleza, meu Pai,
e que no decurso deste dia,
eu Te revele a todos.

 



- Postado por: paula cristina às 10h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Coragem...



Entre os homens, são poucos

os que chegam à outra margem.

A maioria fica correndo,

para cima e para baixo,

sempre do mesmo lado do rio.



Mouni Sadhu


 



- Postado por: paula cristina às 10h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




(`'·.¸(`'·.¸ ¸.·'´) ¸.·'´)¸.·'´)
«`'·.¸.¤... ¤.¸.·'´»(¸.·` * (¸.·` *
(¸.·'´(¸.·'´ `'·.¸)`' ·.¸)
¸.·´ Deus fará um caminho pra você
( `·.¸ onde ainda não se vê, condição
`·.¸ ) ou possibilidade alguma
¸.·)´ Deus se importa com o seu sofrer
(.·´ e nesses dias vai trazer direção
*´¨) que vai mudar a sua vida
( `·.¸
`·.¸ ) Sua noite findará
¸.·)´ E o seu dia chegará
(.·´ E o milagre que você espera acontecerá
*´¨) Deus não falha com você
( `·.¸ E tudo que Ele disse se cumprirá
`·.¸ )
¸.·)´ Maravilhas Deus fará
(.·´ Abundância Deus trará
*´¨) Quando Israel cercado estava
( `·.¸ Deus abriu o mar
`·.¸ ) Deus fará um caminho
¸.·)´ e as portas que você precisa Ele abrirá.
(`'·.¸(`'·.¸ ¸.·'´) ¸.·'´)¸.·'´)
«`'·.¸.¤... ¤.¸.·'´»(¸.·` * (¸.·` *
(¸.·'´(¸.·'´ `'·.¸)`' ·.¸)

 



- Postado por: paula cristina às 10h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




(¨`·.·´¨)
.`·.¸(¨`·.´¨)
.... ×`·.¸.·´× (¨`·.·´¨)
....(¨`·.·´¨). ×`·.¸.·´×
... ×`·.¸.·´×
"Um dia você aprende
que o tempo não volta atrás.
Portanto, plante seu jardim
e decore sua alma,
ao invés de esperar
que alguém lhe traga flores!!!"

(Willian Shakespeare)


 



- Postado por: paula cristina às 10h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O BORDADO

Quando era pequeno, minha mãe costurava muito.
Eu me sentava perto dela e
lhe perguntava o que estava bordando.
Eu observava seu trabalho de uma posição
mais baixa de onde ela estava sentada e
sempre lhe perguntava o que estava fazendo,
dizendo-lhe que de onde eu estava,
o que ela fazia, me parecia muito confuso.

Ela sorria, olhava para baixo e gentilmente dizia:
- Filho, saia um pouco para brincar e
quando terminar meu bordado
te chamarei e te colocarei sentado em meu colo
e te deixarei ver o bordado da minha posição.

Perguntava-me porque ela usava alguns fios de cores escuras
e porque me pareciam tão desordenados de onde eu estava.

Minutos mais tarde,
escutava-lhe chamando-me
- Filho, vem e senta-me no meu colo.
Eu o fazia de imediato e me surpreendia
e emocionava ao ver a formosa flor e
o belo entardecer no bordado.

Não podia crer: de baixo parecia
tão confuso e desordenado,
porém, não te ocorria de que no plano acima
havia um desenho...

Agora, olhando-o da minha posição,
sabes o que eu estava fazendo .
Muitas vezes, ao longo dos anos,
tenho olhado para o céu e dito:
-Pai, o que estais fazendo?
Ele responde :
_ Estou bordando tua vida.
E eu lhe replico:
- Mas, está tudo tão confuso; em desordem.
Os fios parecem tão escuros,
por que não são mais brilhantes?

O Pai parece dizer-me:
- Meu filho, ocupa-te de teu trabalho ...
e Eu farei o meu:
um dia te trarei ao céu e te colocarei em meu colo
e então verás o plano, da minha posição.

 

 



- Postado por: paula cristina às 10h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oi Pessoal

As mensagens de hoje serão todas de um lindo site espírita que encontrei, http://clotildes.tripod.com/amor.html... são lindos textos e suas leituras fazem bem ao coração independente de vc ser espírita ou  não...

Espero que gostem!

Beijos 

 

SIRVAMOS EM PAZ:
 

"Não estejais inquietos por coisa alguma..." - Paulo. (Filipenses, 4:6)

         Quase que em toda a parte encontramos pessoas agoniadas, sem motivo, ou exaustas, sem razão aparente.
         Transitam nos consultórios médicos, recorrem a casas religiosas, suplicando prodígios, isolam-se na inutilidade, choram de tédio. Confessam desconhecer a causa dos males que as assoberbam; clamam, infundadamente, contra o meio em que vivem...
         É que, via de regra, ao invés de situarem a mente no caminho natural da evolução, atiram-na aos despenhadeiros da margem.
         Que a Terra hospeda multidões de companheiros endividados, tanto quanto nós mesmos, todos sabemos... A imprensa vulgar talha colunas e colunas dedicadas à tragédia, certas publicações cultivam o hábito de instalar a delinquência, conflitos explodem insuflando a rebeldia dessa ou daquela camada social, profetas do pessimismo adiantam escuras previsões...
         Isso tudo acontece, isso tudo é inevitável.
         Urge, no entanto, não dar, aos acontecimentos contrários à harmonia da vida, qualquer atenção, além da necessária. Basta empregar exageradamente a energia mental, num escândalo ou num crime, para entrar em relação com os agentes destrutivos que os provocaram. Ofereçamos ao repouso restaurativo ou à resistência ao mal mais tempo que o tempo indispensável e cairemos na preguiça ou na cólera que nos desgasta as forças.
         Se consumimos alimento deteriorado, rumamos para a doença; se repletamos o cérebro de preocupações descontroladas, inclinamo-nos, de imediato, ao desequilíbrio.
         Imunizando-nos contra semelhantes desajustes, exortou-nos o apóstolo Paulo: "não estejais inquietos por coisa alguma", como a dizer-nos que compete a nós outros, os que elegemos Jesus por Mestre, a obrigação de andar no mundo, ainda conturbado e sofredor, sem gastar tempo e vida em questões supérfluas, prosseguindo, firmes, na estrada de entendimento e serviço que o Senhor nos traçou. 

Emmanuel

extraída do livro "Palavras de Vida Eterna"; Cap. 146 - Francisco C. Xavier - 1ª edição CEC

 

 

Fraternidade

Sem que o Sol guarde a Terra e sem que a Terra inteira
Obedeça ao Senhor, de segundo a segundo,
Estendendo o seu manto amoroso e fecundo,
Ninguém recolheria os dons da sementeira.

Sem que a semente desça ao vale negro e fundo,
Morrendo por servir aos júbilos da leira,
E sem que o lavrador se confie à canseira
Não há bençãos do pão nos celeiros do mundo.

Sem a glória do bem cantando em toda estrada,
A vida rolaria estranha e desvairada
As furnas abismais do Universo atro e mudo...

Assim também conosco, em plena luta humana,
Sem a Fraternidade esplêndida que irmana,
Tudo é miséria e dor na frustração de tudo.

AMARAL ORNELLAS

mensagem recebida por Francisco C. Xavier,
extraído do livro "Relicário de Luz"

 

 

TEU LIVRO     

     A existência na terra é um livro que estás escrevendo... 
          Cada dia é uma página... 
          Cada hora é uma afirmação de tua personalidade, através das pessoas e das situações que te buscam. 
          Não menosprezes o ensejo de criar uma epopéia de amor em torno de teu nome. 
          As boas obras são frases de luz que endereças à Humanidade inteira. 
          Em cada resposta aos outros, em cada gesto para com os semelhantes, em cada manifestação dos teus pontos de vista e em cada demonstração de tua alma, gravas com tinta perene, a história de tua passagem. 
          Nas impressões que produzes, ergue-se o livro dos teus testemunhos. 
          A morte é a grande colecionadora que recolherá as folhas esparsas de tua biografia, gravada por ti mesmo, nas vidas que te rodeiam. 
          Não desprezes, assim, a companhia da indulgência, através da senda que o Senhor te deu a trilhar. 
          Faze uma área de amor ao redor do próprio coração, porque só amor é suficientemente forte e sábio para originar-te a escritura individual, convertendo-a em compêndio de auxílio e esperança para quantos te seguem os passos. 
          Vive, pois, com Jesus, na intimidade do coração, não te afastes d`Ele em tuas ações de cada dia e o livro de tua vida converter-se-á num poema de felicidade e num tesouro de bençãos. 

Emmanuel 

                 extraído do livro "Vida e Caminho" - Francisco Cândido Xavier - ed. GEEM

 



- Postado por: paula cristina às 14h14
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




“A cada dia que vivo, mais me convenço de que
o desperdício da vida está no amor que não damos,
nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca
e que, esquivando-nos do sofrimento,
perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional.”

(Carlos Drummond de Andrade)



- Postado por: paula cristina às 13h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Olha teu Jardim

OLHA
no teu jardim as rosas entreabertas,
e nunca as pétalas caídas;

OBSERVA
em teu caminho a distância vencida
e nunca o que falte ainda;

GUARDA
do teu olhar os brilhos de alegria
e nunca as névoas de tristezas;

RETÉM
da tua voz risadas e canções
e nunca os teus gemidos;

CONSERVA
em teus ouvidos as palavras de amor
e nunca as de ódio;

GRAVA
em tua pupila o nascer das auroras
e nunca os teus poentes;

CONSERVA
no teu rosto as linhas do sorriso
e nunca os sulcos do teu pranto;

CONTA
aos homens o azul das tuas primaveras
e nunca as tempestades do verão;

GUARDA
da tua face apenas as carícias,
esquece as bofetadas;

CONSERVA
de teus pés os passos retos e puros,
esquece os transviados;

GUARDA
de tuas mãos as flores que ofertaram,
esquece os espinhos que ficaram;

De teus lábios
CONSERVA
as mensagens bondosas,
esquece as maldições;

RELEMBRA
com prazer as tuas escaladas,
esquece o prazer fútil das descidas;

RELEMBRA
os dias em que foste água limpa,
esquece as horas em que foste brejo;

CONTA
e mostra as medalhas das tuas vitórias,
esquece as cicatrizes das derrotas;

OLHA
de frente o sol que existe em tua vida,
esquece a sombra que fica atrás;

A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas;
E só um olhar de amor pode levar consigo
calor para aquecer muitos invernos;
A bondade é mais forte em nós
e dura muito mais do que o mal que nós mesmos praticamos;

Sê OTIMISTA, e não te esqueças de que...
É NO FUNDO DA NOITE SEM LUAR
QUE BRILHAM MUITO MAIS AS ESTRELAS!!!



- Postado por: paula cristina às 13h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oração da Manhã

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece,
venho pedir-te saúde, força, paz e sabedoria.

Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de amor,
ser paciente, compreensivo, manso e prudente.

Ver, além das aparências,
teus filhos como Tu mesmo os vês,
e assim não ver senão o bem em cada um.

Cerra meus ouvidos a toda calúnia.

Guarda minha língua de toda maldade.

Que só de bênçãos se encha meu espírito.

Que eu seja tão bondoso e alegre,
que todos quantos se achegarem a mim,

sintam a tua presença.

Senhor, reveste-me de tua beleza.

E que, no decurso deste dia, eu te revele a todos.

Amém!



- Postado por: paula cristina às 13h44
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Todo casal deveria ler...
(Arthur da Távola)

Aos casados há muito tempo
aos que não casaram, aos que vão casar,
aos que acabaram de casar,
aos que pensam em se separar,
...aos que acabaram de se separar,
aos que pensam em voltar...

Por mais que o poder e o dinheiro tenham conquistado
uma ótima posição no ranking das virtudes,
o amor ainda lidera com folga.
Tudo o que todos querem é amar.
Encontrar alguém que faça bater forte o coração
e justifique loucuras.
Que nos faça entrar em transe, cair de quatro,
babar na gravata.
Que nos faça revirar os olhos, rir à toa,
cantarolar dentro de um ônibus lotado.
Tem algum médico aí???
Depois que acaba esta paixão retumbante,
sobra o que?

O amor.
Mas não o amor mistificado,
que muitos julgam ter o poder de fazer levitar.
O que sobra é o amor que todos conhecemos,
o sentimento que temos por mãe, pai, irmão, filho.
É tudo o mesmo amor, só que entre amantes existe sexo.
Não existem vários tipos de amor,
assim como não existem três tipos de saudades,
quatro de ódio, seis espécies de inveja.
O amor é único, como qualquer sentimento,
seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus.

A diferença é que, como entre marido
e mulher não há laços de sangue,
a sedução tem que ser ininterrupta.
Por não haver nenhuma garantia de durabilidade,
qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza,
e de cobrança em cobrança acabamos por sepultar
uma relação que poderia ser eterna.
Casaram. Te amo prá lá, te amo prá cá.
Lindo, mas insustentável.
O sucesso de um casamento
exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto,
tem que haver muito mais do que amor,
e às vezes nem necessita de um amor tão intenso.
É preciso que haja, antes de mais nada, respeito.
Agressões zero. Disposição para ouvir argumentos alheios.
Alguma paciência... Amor, só, não basta.

Não pode haver competição. Nem comparações.
Tem que ter jogo de cintura para acatar regras
que não foram previamente combinadas.
Tem que haver bom humor para enfrentar imprevistos,
acessos de carência, infantilidades.
Tem que saber levar. Amar, só, é pouco.

Tem que haver inteligência.
Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais,
rejeições, demissões inesperadas, contas pra pagar.
Tem que ter disciplina para educar filhos,
dar exemplo, não gritar. Tem que ter um bom psiquiatra.
Não adianta, apenas, amar.
Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio
tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância,
vida própria, um tempo pra cada um. Tem que haver confiança.
Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu,
fazer de conta que não escutou.
É preciso entender que união não significa,
necessariamente, fusão.
E que amar, 'solamente', não basta.

Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia,
falta discernimento, pé no chão, racionalidade.
Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre,
mas que sozinho não dá conta do recado.
O amor é grande mas não é dois.
É preciso convocar uma turma de sentimentos
para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós


- Postado por: paula cristina às 13h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A Paz que Trago em Meu Peito

A paz que trago hoje em meu peito
é diferente da paz que eu sonhei um dia...
Quando se é jovem ou imaturo,
imagina-se que ter paz é poder fazer o que se quer,
repousar, ficar em silêncio e jamais enfrentar
uma contradição ou uma decepção. 

Todavia, o tempo vai nos mostrando que a paz
é resultado do entendimento de algumas lições importantes
que a vida nos oferece.
A paz está no dinamismo da vida, no trabalho,
na esperança, na confiança, na fé... 

Ter paz é ter a consciência tranqüila,
é ter certeza de que se fez o melhor ou,
pelo menos, tentou...
Ter paz é assumir responsabilidades e cumpri-las,
é ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida.
Ter paz é ter ouvidos que ouvem,
olhos que vêem e boca que diz palavras que constroem.

Ter paz é ter um coração que ama...
Ter paz é brincar com as crianças,
voar com os passarinhos,
ouvir o riacho que desliza sobre as pedras
e embala os ramos verdes que em suas água se espreguiçam...
Ter paz é não querer que os outros se modifiquem
para nos agradar, é respeitar as opiniões contrárias,
é esquecer as ofensas.

Ter paz é aprender com os próprios erros,
é dizer não quando é não que se quer dizer...
Ter paz é ter coragem de chorar ou de sorrir
quando se tem vontade...
É ter forças para voltar atrás, pedir perdão,
refazer o caminho, agradecer...

Ter paz é admitir a própria imperfeição
e reconhecer os medos, as fraquezas, as carências... 
A paz que hoje trago em meu peito é a tranqüilidade
de aceitar os outros como são,
e a disposição para mudar
as próprias imperfeições.

É a humildade para reconhecer que não sei tudo
e aprender até com os insetos...
É a vontade de dividir o pouco que tenho
e não me aprisionar ao que não possuo.
É melhorar o que está ao meu alcance,
aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez
para distinguir uma coisa da outra.

É admitir que nem sempre tenho razão e,
mesmo que tenha, não brigar por causa disso.
A paz que hoje trago em meu peito é a confiança
naquele que criou e governa o mundo...
A certeza da convicção de que receberei,
das leis soberanas da vida,
o que a elas tiver oferecido.

Autoria Desconhecida
Colaboração: Roberto

sabedoria dos mestres



- Postado por: paula cristina às 13h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A Um Passo da Felicidade

Nossa vida é moldada por nossas ações e criações mentais.
Nossos pensamentos surgem, agitam-se,
tomam forma e atuam decisivamente nas realizações.

Jamais teremos boa saúde se pensarmos em doenças,
nem prosperidade se reclamarmos de miséria
e tão pouco alegria se mentalizarmos tristeza.

Por quê uns são felizes e outros não?
Por quê uns vêem o mundo iluminado e outros o enxergam obscurecido?
Simplesmente porque há os que acordam fazendo preces
e os que despertam maldizendo a existência;
os que formulam idéias construtivas e os que se fixam nas destrutivas;
os que pensam em salvar vidas e os que as desejam destruir.
E assim, cada um vai criando o seu campo vibratório,
no qual se movimentará,
respirando as emanações próprias do ambiente formado.

Sinta-se contente por acordar com vida
e olhe mais para a luz do que para as trevas;
observe atenciosamente as belezas que o rodeiam
e procure sufocar mágoas, rancores e revolta,
que lhe tornam a existência horrível e insuportável.

Deus nos criou para sermos felizes.
Cada instante deve ser vivido plena e intensamente com amor,
com fé e com esperança. Sorria sempre.
O sorriso abre as portas da alegria
e essa nos coloca em ondas positivas e,
como as flores que atraem abelhas,
atrairemos os bons acontecimentos,
as boas amizades e a paz, com a qual tanto sonhamos.

Pensemos em amor e seremos amados;
proponhamos-nos a nos desculpar e seremos desculpados;
disponibilizemos - nos à compreensão e seremos compreendidos.
Não digamos nada que não gostaríamos de ouvir,
nem façamos aos outros o que não gostaríamos que os outros nos fizessem
e sentiremos um novo mundo de grandezas a orbitar dentro de nós

Ás vezes estamos a um passo da felicidade
e não nos damos conta de quanto perto ela está.
Talvez esteja faltando apenas um pequeno movimento para chegarmos à ela:
um movimento em forma de perdão à alguém que tenha nos ofendido,
um gesto de amor ao desamparado,
uma palavra de esperança ao desesperançado,
uma visita ao doente esquecido no hospital por seus entes queridos
ou mesmo até um pão ao faminto perdido pelas ruas.

Vamos tentar? Não vale a pena sermos felizes?

Publicação cedida e autorizada pelo autor Sá de Freitas
http://sadefreitaspoesias.sites.uol.com.br/



- Postado por: paula cristina às 13h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Morre Lentamente...

Morre lentamente...
quem não lê
quem não viaja,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente...
quem destrói seu amor próprio,
quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente...
quem se transforma em escravo do hábito
repetindo todos os dias os mesmos trajetos,
quem não muda de marca,
não se arrisca a vestir uma nova cor
ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente...
quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos
e os corações aos tropeços.
Morre lentamente...
quem não vira a mesa quando
está infeliz com o seu trabalho, ou amor,
quem não arrisca o certo pelo incerto
para ir atrás de um sonho,
quem não se permite, pelo menos uma vez na vida,
fugir dos conselhos sensatos...
Viva hoje !
Arrisque hoje !
Faça hoje !
Não se deixe morrer lentamente !

NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ !

Pablo Neruda



- Postado por: paula cristina às 13h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

O que é o Amor ?


Numa sala de aula, havia várias crianças.
Quando uma delas perguntou à professora: Professora, o que é o amor ?
A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera.
Como já estava na hora do recreio, pediu para que cada aluno desse uma volta pelo pátio da escola e
trouxesse o que mais despertasse nele o sentimento de amor.
As crianças saíram apressadas e, ao voltarem, a professora disse:
Quero que cada um mostre o que trouxe consigo.
A primeira criança disse : Eu trouxe esta flor, não é linda?
A segunda criança falou : Eu trouxe esta borboleta.
Veja o colorido de suas asas, vou colocá-la em minha coleção.
A terceira criança completou : Eu trouxe este filhote de passarinho.
Ele havia caído do ninho junto com outro irmão. Não é uma gracinha?
E assim as crianças foram se colocando.
Terminada a exposição, a professora notou que havia uma criança que tinha ficado quieta o tempo todo.
Ela estava vermelha de vergonha, pois nada havia trazido.
A professora se dirigiu a ela e perguntou:
Meu bem, por que você nada trouxe?
E a criança timidamente respondeu:
Desculpe, professora. Vi a flor e senti o seu perfume.
Pensei em arrancá-la, mas preferi deixá-la para que seu perfume exalasse por mais tempo.
Vi também a borboleta, leve, colorida.
Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la.
Vi também o passarinho caído entre as folhas, mas, ao subir na árvore, notei o olhar triste de sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho.
Portanto professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe do passarinho.
Como posso mostrar o que trouxe?
A professora agradeceu a criança e lhe deu nota máxima, pois ela fora a única que percebera que só podemos trazer o amor no coração.

Autora da Mensagem: Eliane de Araujoh (Escritora)
Extraída do Livro: "Historias para sua Criança Interior" - Editora Roka



- Postado por: paula cristina às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________









* Menu *


Gravidíssima - NOVA PÀGIMA

mensagens especiais

coisinhas fofas para copiar

utilitários, scripts e dicas

links interessantes

textos espíritas

ponto de vista




|Histórico|

- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006






* Luz, paz, saúde e amor para todos nós ! *




* Obrigada a todos pela lembrança ! ! *






Clip do mês
















Escreva...


























Copia e cola !



Link-Me





Link-Me














Dicas de buscas




Procure uma entidade beneficente, digite a cidade e seja um voluntário:





Letra e Tradução é no Vaga-Lume!




UOL Busca











Mensagem da semana

O amor
O mais nobre de todos os sentimentos. A possibilidade de amar é natural em todos. É como a respiração: natural e fundamental. Sem amor a vida não tem um sentido claro; a depressão aloja-se facilmente; perdemos amigos e companheiros. A prática de amar leva-nos muito próximos a Deus. Tornando-nos pessoas alegres e cheias de vitalidade. Amar não se resume apenas à pessoa desejada. O amor é o combustível do Universo. É o veículo de comunicação com a felicidade. Assim, devemos sempre nos lembrar: Amar a si próprio, permitindo, com auto-respeito, descobrir quem somos, porque agimos de tal forma e qual o caminho para o bem estar. Amar a vida, um sentimento de pura integração com toda a existência. É a verdadeira união. A possibilidade de crescer, aprender e enriquecer. Amar ao próximo, a maneira de agradecer à possibilidade de sorrir, viver e dar a sua contribuição para que outros possam usufruir desta deliciosa sensação que é existir.